Publicado em

Em 2017, a campanha anual do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina está focada nas pessoas. Com o tema Arquitetura Social, o CAU/SC o levanta a discussão a projeção de  espaços de qualidade. O tema ainda ressalta referências no estado e como são capazes de melhorar a qualidade de vida das pessoas.

O objetivo do CAU/SC a partir da campanha é promover o pensamento de que é parte do trabalho dos Arquitetos em revitalizar, pensar, projetar, elaborar as cidades. E, assim promover o incentivo às prefeituras e demais entidades a valorização e importância dos profissionais de arquitetura e urbanismos. Além disso, conscientizar para que sejam incluídos no quadro técnico de cada projetos. Ao ter um  profissional de arquitetura e urbanismo na sua equipe poder público, setor privado e sociedade civil organizada garante a projeção de cidades capazes de atender às necessidades das pessoas.

A Campanha Arquitetura Social tem principalmente a finalidade de debater o papel prático da Arquitetura e do Urbanismo na vida das pessoas. Para incentivar a discussão na sociedade, a campanha também é pauta para uma série de reportagens. A série vai abordar a partir de diversos ângulos como a arquitetura social se estabelece e quais as representatividades dela em cada região. Ao estimular o diálogo sobre a arquitetura social, o CAU/SC quer fomentar a visão sobre cidades melhores planejadas. O tema ainda possibilita panoramas inovadores sobre espaços públicos usuais e usáveis pela sociedade e com infraestrutura para ofertar melhor qualidade de vida das pessoas.

Reportagens trazem exemplos de Arquitetura Social

Ao todo, seis matérias televisivas foram produzidas pelas equipes de reportagem da emissora RICTV Record. As produções vão ao ar todas as quartas-feiras pelo jornal RIC Notícias a partir das 19h. As matérias tem reprise às quintas-feiras nos programas SC no Ar e Jornal do Meio dia.

A primeira reportagem da série foi exibida nesta quarta-feira, dia 2 de agosto. Na pauta, o Centreventos Cau Hansem de Joinville foi o exemplo selecionado para narrar espaços bem projetados para uso coletivo.

Nas próximas reportagens conheça as histórias do Edifício da Associação de moradores Associação dos Moradores do Córrego Grande em Florianópolis;  o Parque Linear da Beira-Rio de Itajaí; as feiras públicas de Blumenau;  Parque Central José Rossi Adami em Caçador; o Passeio Pedra Branca em Palhoça; as Praças públicas revitalizadas em parceria com o setor privado em Florianópolis.