Publicado em

A partir da esquerda, os integrantes da CEP Daniel Rodrigues da Silva, Mauricio Andre Giusti, a fiscal Carmen Alvarez Patrón e Everson Martins durante apresentação da PGI

Iniciou nesta quarta, 9 de outubro, em Porto Alegre/RS, o 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos, o mais importante encontro profissional, acadêmico e político da área. Até o sábado (12), a capital gaúcha será o palco dos principais debates nacionais dentro da arquitetura e urbanismo: cerca de 3 mil profissionais e autoridades são esperados para as dezenas de atividades espalhadas pelo Centro Histórico da capital gaúcha, como a Casa de Cultura Mario Quintana, o Memorial do Rio Grande do Sul, o Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo, a Praça da Alfândega e Multipalco Theatro São Pedro, entre outros. Sob o tema geral “Espaço e Democracia”, o encontro convida os participantes a ocuparem e vivenciarem as praças, parques e equipamentos culturais e educacionais da cidade.

O CAU/SC e o CEAU-CAU/SC participam deste espaço privilegiado de aperfeiçoamento que possibilita a reflexão sobre as formas inovadoras de organização dos profissionais para atuação profissional e política, interação entre teoria e prática. Projetos importantes, como a Plataforma de Georreferenciamento Integrado (PGI) e as atividades relacionadas à Assistência Técnica para Habitação Social, estão entre os temas que contarão com a participação do Conselho catarinense.

Hotsite reúne os paineis produzidos pelos CAU/UF sobre ações estaduais de Assistência Técnica para o 21CBA

.:. Acesse aqui a galeria virtual dos paineis da Athis expostos no 21º CBA .:.

Antes mesmo do início do congresso, na terça (dia 8) a Gerência de Fiscalização do CAU/SC já estava em Porto Alegre, onde apresentou a PGI durante o Encontro Nacional das Comissões de Exercício Profissional do sistema CAU, um dos eventos que antecederam o 21º CBA. Além da fiscal Carmen Alvarez Patrón, os integrantes da CEP Daniel Rodrigues da Silva, Mauricio Andre Giusti e Everson Martins participaram do encontro.

Representantes de todas as entidades do CEAU-CAU/SC – IAB/SC, SASC, AsBEA e Fenea-Sul, além das coordenações das comissões do CAU/SC, participaram também do 1º Encontro do CEAU, que reuniu representantes de todos os estados brasileiros na capital gaúcha no dia 9. Participaram do encontro o coordenador do CEAU e representante da AsBEA-SC, Carlos Lopes; o presidente do IAB/SC,  João Villanova Gallardo; o vice-presidente do SASC, Angelo Arruda; o presidente da Fenea-Sul, Matheus Jasper; os representantes da CEP-CAU/SC, Everson Martins e CEF-CAU/SC, Gabriela Morais Pereira, e a presidente Daniela Sarmento.

Também participam da programação do 21º CBA os conselheiros Claudia Poletto (coordenadora da Cathis), Jaqueline Andrade (coordenadora da CPUA), Rosana da Silveira (coordenadora da CED), Silvya Caprario (coordenadora da COAF) e Rodrigo Althoff (integrante da CED).

Confira as principais agendas do CAU/SC no 21º CBA

Dia 10 (quinta)

9h – 10h30min | Praça da Alfândega – Apresentação da PGI durante o encontro Práticas do CAU I – Fiscalização, do Fórum de Presidentes | Convidados: Danilo Silva Baptista, Daniela Sarmento, Rafael Amaral Tenório e Tiago Holzmann. Mediação de Silênio Camargo

14 h – 15h30min | Centro Cultural da UFRGS – Sessão Temática – A ECONOMIA CIRCULAR NA NOVA AGENDA URBANA: REFLEXÕES PARA O FAZER PROFISSIONAL NO MUNDO EM TRANSIÇÃO, com Alexandre Gobbo Fernandes e Fernando Márcio de Oliveira. Provocadores Daniela Sarmento e Edson Cattoni

16h20min | Praça da Alfândega – Auditório – Fórum de boas práticas do Fórum de Presidentes – Capacitação em Athis – Daniela Sarmento, presidente do CAU/SC
Dia 11 (sexta)

9h – 10h30min | Centro Cultural CEEE Erico Verissimo – Sessão Temática “Atuação profissional na perspectiva de gênero”, com Arquitetas Invisíveis e Mulher em Construção. Mediação de Daniela Sarmento

.:. Veja a programação completa .:.

Confira os eixos temáticos do 21º CBA:

Eixo Temático “Arquitetura, Cidade e Ambiente”: Sub-temas  “cidade e poder; direito à cidade democrática e sustentável; desenvolvimento urbano e democracia; habitação e arquitetura para todos e todas; regularização fundiária; qualificação urbana; assistência técnica à habitação; a produção da arquitetura e o direito à cidade; o natural, o cultivado e o construído”.

Eixo Temático “Cultura e Memória”: Sub-temas “o patrimônio cultural brasileiro – as diferentes matizes; o território original e o direito à cultura; memória social, cultural e política; arquitetura é cultural: a produção arquitetônica como manifestação cultural; cidade histórica e memória: as matizes culturais brasileiras e a produção do espaço; passado e futuro na paisagem urbana”.

Eixo Temático “Formação e Fazer Profissional”: Sub-temas “democratização do acesso à formação e a arquitetura e urbanismo; ensino, pesquisa e extensão: dimensões da formação profissional; organização do trabalho do arquiteto; organização política dos arquitetos; arquitetura e urbanismo públicos: desafios para a qualificação e democratização do acesso”.

O CBA é promovido desde 1945 pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB). A 21ª edição tem correalização do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/RS) e copromoção CAU/BR, e é uma atividade preparatória para o 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2020RIO), que acontecerá em 2020 no Rio de Janeiro. A abertura oficial do evento na quarta (9), acontece no Auditório Araújo Vianna, com apresentação da Orquestra Villa Lobos e palestra inaugural da arquiteta e urbanista Ermínia Maricato.

Acompanhe as principais atividades e participações do CAU/SC no nosso Instagram.

 


Deixe seu comentário