Publicado em

Por solicitação do CAU/SC à Celesc, as 16 Agências Regionais do órgão receberão instruções sobre o RRT e as atribuições dos Arquitetos e Urbanistas para projeto e execução de instalações elétricas de baixa tensão.

Arquitetos e Urbanistas catarinenses relataram dificuldades na aprovação dos seus projetos junto ao órgão, principalmente devido a forma de registro da responsabilidade técnica.

Cumprindo com seu papel em zelar pelo aperfeiçoamento do exercício da arquitetura e urbanismo, em janeiro de 2017 o CAU/SC encaminhou ofício às Centrais Elétricas de Santa Catarina – Celesc. Requereu que reconheçam a habilitação dos Arquitetos e Urbanistas para projeto e execução de instalações elétricas de baixa tensão e a forma de anotação do RRT indicada pelo CAU para definição das atividades técnicas desempenhadas.

Leia na íntegra o ofício encaminhado pelo CAU/SC.

Na resposta encaminhada ao CAU/SC, a Celesc reitera que reconhece a validade e legitimidade dos RRTs e comunica que irá encaminhar orientação às suas 16 Agências Regionais. O órgão também solicita que divergências por parte de Agências Regionais sejam reportadas a Diretoria de Distribuição para providências.

Leia na íntegra o ofício resposta da Celesc.


Deixe seu comentário