Publicado em

Em pelo menos dez estados brasileiros, profissionais da arquitetura debatem políticas urbanas e ambientais em comissões especiais dentro dos seus Conselhos de Arquitetura. As Comissões de Políticas Urbanas e Ambientais (CPUAs) cumprem o papel de discutir o planejamento territorial e defender a participação dos arquitetos e urbanistas na gestão urbana e ambiental. Para acompanhar e oferecer suporte ao trabalho desenvolvido nos estados, o CAU/BR abriu espaço para encontros de todas das CPUAs  do CAU/DF, CAU/AM, CAU/AP, CAU/SC, CAU/CE, CAU/RJ, CAU/PI, CAU/GO, CAU/SP e CAU/TO no mês de abril. Como desdobramento, ocorre no dia 21 de maio o II Encontro Nacional de CPUAs, mais uma vez, em Brasília.

O primeiro encontro oportunizou a troca de experiências e deu enfoque à relação entre as políticas urbanas e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O tema foi abordado pela analista de programa da ONU, Daphne Besen, que tratou das ODS no contexto da nova agenda urbana. A conselheira federal do CAU/BR pelo Estado de São Paulo, Nadia Somekh, falou sobre “Metrópole Contemporânea, Projetos Urbanos e Urbanidade”, em que vinculou os desafios da implementação do planejamento urbano à necessidade de políticas sociais. “Foi um debate muito importante especialmente para nós, do CAU/SC, que temos o plano de gestão entrelaçado com os ODS, e que estamos realizando o projeto Fundamentos das Cidades 2030”, ressaltou a coordenadora da CPUA do CAU/SC, Jaqueline Andrade. A conselheira apresentou relatório das ações da comissão durante o evento, que também teve a participação da presidente do CAU/SC, Daniela Sarmento, da conselheira Sylvia Caprario e da fiscal Mayara de Souza.

As representantes do CAU/SC no I Encontro: a conselheira Sylvia Caprario, a coordenadora da CPUA-CAU/SC Jaqueline Andrade, a fiscal Mayara de Souza e a presidente Daniela Sarmento

A primeira etapa do debate contou ainda com a participação da secretária de Desenvolvimento Regional e Urbano do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Adriana Melo. Arquiteta de formação, Adriana Melo é servidora pública federal de carreira do Estado e trabalhou na Secretaria de Programas Urbanos do Ministério das Cidades, incorporado ao MDR pelo atual governo. O encontro oportunizou a formulação conclusões que passam a orientar as futuras ações em busca do aprofundamento das políticas urbanas e teve ainda a apresentação da experiência de Belo Horizonte
no monitoramento local
das metas ODS.
Veja matéria completa no site do CAU/BR. Também incentivou a articulação das CPUAs por regiões. A região sul reunirá suas Comissões nos dias 4 e 5 de junho.

Para a presidente do CAU/SC, Daniela Sarmento, a estruturação do trabalho das CPUAs é uma ação estratégica para que o CAU/SC possa cumprir o objetivo de pugnar pela arquitetura e urbanismo e estabelecer parcerias. “Nos permite agir com mais eficácia na defesa do direito da sociedade por cidades mais justas, sustentáveis e inclusivas”, afirma a presidente.

A segunda edição do encontro nacional, no dia 21 de maio, vai debater estratégias políticas da atuação das CPUAs e construção de agendas conjuntas.

Confira a programação:

II ENCONTRO NACIONAL DE CPUAs

Auditório do Ministério de Desenvolvimento Regional – Brasília-DF, dia 21 de maio de 2019

9h – ABERTURA

Apresentação da Assessoria Parlamentar do CAU/BR

Ação projetos de Lei por Região: análise e proposição Atuação do Arquiteto nas Políticas Públicas

12h – Intervalo para Almoço

14h – Estratégias políticas da atuação das CPUAs

Apresentação da metodologia da “CPUA Itinerante” e da “Plataforma CPUA on line”

Divisão em grupos por Região com mediação dos conselheiros federais

16h – Construindo a Agenda Conjunta

Apresentação dos Grupos

Encaminhamentos para a agenda e políticas nos estados

Relatoria


Deixe seu comentário