Publicado em

Em um futuro próximo, as mulheres serão 3/4 dos registrados nos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo no país. Esta estimativa leva em conta o atual percentual, já majoritariamente feminino na categoria (63,5% do total de 179.552 profissionais registrados são mulheres) e também o fato de que elas também são maioria entre estudantes das escolas de arquitetura. O que isso significa para o mercado da arquitetura e urbanismo? O assunto é tema do podcast Mulheres na Arquitetura desta semana.

Quem participa da conversa é Juliana Dreher e a Suzana de Souza Martins, da Câmara Temática Mulheres na Arquitetura do CAU Santa Catarina e as arquitetas Vania Búrigo, integrante do Conselho Estadual do Instituto de Arquitetos do Brasil; Daniela Accorinte Lopes, presidente do Sindicato dos Arquitetos de Santa Catarina, e Cora Destefani de Sousa, estudante de arquitetura e urbanismo e participante do Coletivo Urbanas, da UFSC.

.:. Ouça aqui .:.

A série é uma produção da Câmara Temática Mulheres na Arquitetura do CAU/SC com apoio da Assessoria de Comunicação. O projeto atende ao Objetivo 5 da Plataforma dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, que incentiva a igualdade de gênero. Também se propõe a discutir os eixos temáticos previstos para a construção da Política Nacional de Equidade de Gênero do CAU.  Integrante da Comissão Temporária de Equidade de Gênero do CAU/BR, a presidente do CAU/SC, Daniela Sarmento explica, neste episódio, os principais objetivos da Comissão.

Até o final de março, mês do Dia Internacional da Mulher, serão publicados quatro episódios do podcast. N semana passada, o tema foi espaço das mulheres nas cidades. Ouça aqui. Na próxima semana, a terceira parte da série falará sobre o espaço das mulheres nas entidades representativas da arquitetura e urbanismo.

.:. Leia também:

Pesquisa quer conhecer perfil dos estudantes de Arquitetura e Urbanismo.:.

 

 


Deixe seu comentário