Notícias

Lívia Schumacher Corrêa

Imagem: Fundação Catarinense de Cultura

A arquiteta e urbanista Suzane Albers Araujo será uma das oito pessoas agraciadas com a Medalha de Mérito Cultural Cruz e Sousa, concedida anualmente pelo Conselho Estadual de Cultura (CEC-SC), órgão da Fundação Catarinense de Cultura (FCC). A cerimônia de entrega da honraria será no dia 24 de novembro, aniversário do poeta Cruz e Sousa.

Integrante da Câmara Temática: Cidades, Patrimônio de Todos do CAU/SC, Suzane é Presidente da Associação Catarinense de Conservadores e Restauradores de Bens Culturais. Ela foi uma das arquitetas e urbanistas responsáveis pelo restauro da Casa de Câmara e Cadeia, construção histórica de 1771 localizada no centro de Florianópolis.

Para chegar aos nomes, os conselheiros do CEC-SC analisaram 68 indicações online da sociedade civil. A lista final foi escolhida após apresentação e defesa de cada um dos concorrentes durante a reunião do Conselho, que, em votação secreta, nomeou os homenageados.

Além de Suzane Albers, foram escolhidos Acyr Osmar de Oliveira, Darling Quadros, Lélia Pereira Nunes, Malinverni Filho (in memoriam), Marcondes Marchetti, Nedi Terezinha Locatelli e o Teatro Biriba (Pessoa Jurídica). Os honrados são das mais diversas áreas culturais, como cinema, literatura, artes visuais, teatro e folclore.

A nomeação de uma arquiteta e urbanista especializada em restauração é simbólica para reconhecer a importância da preservação de patrimônio histórico, cultural e arquitetônico. O CAU/SC trabalha para alcançar este reconhecimento, como foi o caso da campanha no Dia do Patrimônio Histórico Social, que teve participação direta da homenageada.

Casa de Câmara e Cadeia após a restauração, finalizada em 2018. Atualmente, a edificação abriga o Museu da Cidade. Foto: IPHAN

Publicado em Categoria Notícias

CAU/SC participa de vistoria de acessibilidade no TICEN, em Florianópolis

Lívia Schumacher Corrêa

O Terminal de Integração do Centro (TICEN) de Florianópolis está cumprindo com as normas de acessibilidade para locais públicos? A fim de responder à pergunta, o Programa SC Acessível,  do qual o CAU/SC integra, realizou vistoria no maior terminal de ônibus da cidade e em seus arredores na última quarta-feira, 30 de outubro. Foram inspecionados 56 itens embasados na mais recente Norma de Acessibilidade a Edificações, Mobiliário, Espaços e Equipamentos Urbanos (NBR90:2015). O relatório final com as recomendações necessárias será entregue ao gestor responsável do TICEN em breve.

O Programa SC Acessível procura conscientizar a sociedade e o Poder Público acerca dos direitos de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, pensando, também, em soluções de adequação de espaço e serviços. Para isso, realiza mensalmente vistorias de acessibilidade em prédios públicos da Grande Florianópolis. Em setembro, o grupo inspecionou a Prefeitura e Pró-Cidadão de Biguaçu.

Organizado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), o projeto é formado por diversas entidades catarinenses que acordaram em realizar cooperação técnica, científica e operacional. Integram o SC Acessível o Tribunal de Contas do Estado, a Ordem dos Advogados do Brasil/SC, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, a Federação dos Municípios Catarinenses e outros.

Teste dos veículos adaptados para pessoas com deficiência na plataforma D, no TICEN

O CAU/SC participa do programa através da Câmara Temática de Acessibilidade do Conselho, que recentemente organizou outra atividade pelo centro de Florianópolis: a Caminhada pela Acessibilidade. Na inspeção do TICEN do dia 30 de outubro, a conselheira e coordenadora da CT: Acessibilidade, Silvya Caprario, esteve presente.

Para Huli Demay Hochleitner, arquiteta residente do MPSC, a participação de arquitetos e urbanistas em vistorias como esta é essencial: “Nós unimos o espaço construído com a utilização das pessoas. Não estamos vistoriando somente a construção, o mobiliário ou os veículos separadamente, mas sim os observando como um todo e, principalmente, percebendo como as pessoas se apropriam deste espaço”.

A vistoria está alinhada com as ODS da ONU. Dentre os objetivos envolvidos, destacam-se: Objetivo 3 – Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades; Objetivo 10 – Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles; e Objetivo 11 – Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

.:. Veja mais imagens na galeria .:.


Publicado em Categoria Notícias

CAU/SC participa de seminário sobre acessibilidade promovido pelo CREA-SC

Comunicação CAU/SC

Em novembro, acontece a sexta edição do Seminário de Acessibilidade, promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina (Crea-SC). O evento está marcado para os dias 6 e 7 na sede do Tribunal de Contas do Estado e tem como tema central ‘Cidade para pessoas”. A Câmara Temática de Acessibilidade do CAU/SC estará representada pela coordenadora Silvya Caprario no encontro.

O 6º Seminário de Acessibilidade – Cidade para Pessoas pretende disseminar a política de planejamento, focando em ações pró-ativas no desenvolvimento de projetos nas áreas de edificações, mobilidade urbana, planejamento urbano e infraestrutura pública. A programação engloba 3 módulos: Acessibilidade Urbana, Acessibilidade em Edificações e Legislação Aplicada a Acessibilidade. O foco é a produção de equipamentos que atendam a acessibilidade universal, visando segurança e bem estar de toda a população, além de objetivar economicidade na gestão de obras.

O QUE: 6º Seminário de Acessibilidade
QUANDO: 6 e 7 de novembro
ONDE: Auditório do Tribunal de Contas do Estado – TCE (Rua José da Costa Moellman esquina com a Rua Eng. Newton Valente da Costa, Centro, Florianópolis)
INSCRIÇÕES: https://www.sympla.com.br/6-seminario-de-acessibilidade__650012

Publicado em Categoria Notícias

Fastbuilt Experience: evento para setores Imobiliário e de Construção acontece em Blumenau

Lívia Schumacher Corrêa

O Fastbuilt Experience, evento de Tecnologia e Inovação para os mercados Imobiliário e de Construção, ocorrerá na próxima quarta-feira, 16 de outubro, das 9h às 18h no Teatro Carlos Gomes, em Blumenau – SC. Destinado a arquitetos, engenheiros, executivos e empreendedores da área, assim como construtoras, imobiliárias e investidores interessados, o evento conta com o apoio do CAU/SC.

A programação completa do evento está disponível no site. Entre os palestrantes confirmados, estão representantes de empresas dos mercados Imobiliário e de Construção, como Tigre, Cyrela e Buscapé. Além das palestras, o Fastbuilt Experience oferece o Espaço de Exposição de Novas Tecnologias, para apresentar inovações como Laser Scanning, Impressão em 3D, Drones, Realidade Virtual, entre outras.

Os ingressos estarão no segundo lote até sexta-feira, dia 11.

Confira aqui a programação completa.

Inscreva-se neste link e participe!


Publicado em Categoria Notícias

ONU-HABITAT e startup Colab lançam consulta pública “Cidades Sustentáveis”

Lívia Schumacher Corrêa

A ONU-HABITAT e o Colab, startup de inovação em gestão pública, lançaram a consulta online Cidades Sustentáveis na última terça-feira (01 de outubro). Os resultados serão usados para diagnosticar o avanço das metas do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 11 (ODS11 – Cidades e comunidades sustentáveis), do qual o CAU/SC é signatário oficial. A consulta integra o projeto “Sistemas de Responsabilidade Pública: Medir, Monitorar e Informar sobre Políticas Urbanas Sustentáveis na América Latina”, cuja intenção é incentivar a transparência e a participação popular com relação a políticas públicas urbanas.

Para participar, é preciso acessar este link ou baixar o aplicativo Colab até 31 de janeiro de 2020, prazo final da consulta. Ao todo, são 29 perguntas de múltipla escolha a respeito de moradia, serviços básicos, transporte e outros temas urbanos.

A última edição da pesquisa, realizada em 2018, obteve cerca de 10.000 respostas. Os resultados estão disponíveis neste documento da ONU-HABITAT. A expectativa é que a pesquisa seja repetida todo ano até 2030, para acompanhar o andamento das metas do ODS 11 até o prazo final da Agenda 2030, estipulado pela ONU.

Mais informações no site da ONU-Habitat


Publicado em Categoria Notícias

Curso virtual capacita para aplicação das normas de acessibilidade arquitetônica

Lívia Schumacher Corrêa

O Ministério Público de Santa Catarina oferece o treinamento online “Acessibilidade em vias públicas e edificações para profissionais da Área de Engenharia e Arquitetura”. O objetivo é capacitar arquitetos, engenheiros, analistas de projetos e técnicos em edificações acerca das normas de acessibilidade arquitetônica aplicadas aos espaços urbanos.

O aprendizado adquirido ao longo do curso pode ser utilizado tanto para fiscalização em obras quanto para compreensão de conceitos relacionados a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. As aulas são ministradas inteiramente no Ambiente Virtual de Aprendizagem do MPSC, plataforma que possibilita o acesso ao conteúdo do curso, além da participação em fóruns e em atividades avaliativas necessárias para obtenção de certificado.

O curso é gratuito e tem duração de 40 horas-aula. As inscrições estão abertas permanentemente neste link, onde também é possível acessar a  ementa do curso.  É preciso estar cadastrado no sistema do MPSC para se inscrever no curso, cadastre-se aqui. Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail ead@mpsc.mp.br.

 


Lívia Schumacher Corrêa

O Laboratório de Conforto Ambiental (LabCon/ARQ) do departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foi premiado durante o XV Encontro Nacional de Conforto no Ambiente Construído (ENCAC), evento que aconteceu em João Pessoa (PB) no mês setembro. O trabalho “Análise da influência do tempo e da trajetória do olhar na probabilidade de ofuscamento em ambientes de escritório”, escrito pelos pesquisadores Gabriela Silva Goedert, Natália Giraldo Vásquez e Fernando O. R. Pereira, foi vencedor do Prêmio Maurício Roriz, concedido ao melhor artigo do encontro.

O artigo discutia a “probabilidade de ofuscamento em locais de trabalho através de experimentos em ambientes reais, onde as grandes inovações foram a utilização de óculos tipo Eye-Tracker, capaz de registrar em vídeo a variação da direção e da permanência do olhar, e o levantamento da distribuição de brilho dos campos visuais através de técnica fotográfica High Dynamic Range (HDR)”, como explica o professor Fernando Pereira, um dos autores do trabalho. Para ele, a obtenção do prêmio é um reconhecimento do Laboratório, “seja no que diz respeito à formação de pesquisadores e professores, quanto na pesquisa propriamente dita”.

Esta é a terceira vez consecutiva que o LabCon/ARQ é ganhador do prêmio e também que é reconhecido como o grupo de pesquisa brasileiro com o maior número de artigos publicados no ENCAC.

O evento acontece a cada dois anos desde 1990 com o intuito de promover a “consciência e a responsabilidade ecológica e ambiental no desenho urbano e na arquitetura”, como consta no site. O eixo temático deste ano era “Mudanças climáticas, concentração urbana e novas tecnologias”.


Comunicação CAU/SC

Uma consulta pública lançada pelo CAU/BR acolhe sugestões da sociedade para a revisão do texto da Resolução n° 51, de 12 de julho de 2013, que dispõe sobre as áreas de atuação privativas dos arquitetos e urbanistas e as áreas de atuação compartilhadas com outras profissões regulamentadas. A consulta foi iniciada em 24 de setembro de 2019 e se encerrará em 25 de outubro de 2019. A participação é aberta à sociedade e requer fundamentação das opiniões.

A consulta foi proposta pelo Plenário do CAU/BR por meio da Deliberação Plenária nº 0094-01/2019, de 20 de setembro de 2019, que igualmente suspendeu pelo prazo de 90 dias os itens da Resolução n° 51 que geraram controvérsias com outras profissões.

Clique aqui para acessar a íntegra da Deliberação n° 0094-01/2019.

Clique aqui para acessar a Resolução n° 51 com destaques dos itens temporariamente suspensos.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR E PREENCHER O FORMULÁRIO DA CONSULTA

Fonte: CAU/BR


Publicado em Categoria Notícias

Arquitetas vencem concurso Archathon SC 2019

Lívia Schumacher Corrêa

As profissionais recém-formadas Bárbara Ramos e Maria Eduarda Brandão, do escritório R&B Arquitetura, venceram o Archathon SC 2019. No último sábado (03), etapa final da competição, as ganhadoras expuseram propostas arquitetônicas para um espaço da Archademy, empresa brasileira que funciona como co-working e aceleradora de escritórios de arquitetura e design de interiores. Como prêmio, o projeto será apresentado como um dos ambientes da CASACOR SC 2019, que acontece de 15 a 27 de setembro na capital catarinense.

Para as profissionais da R&B Arquitetura, o desafio foi levar funcionalidade e interatividade ao ambiente: “O público alvo são designers e arquitetos, então criamos um moodboard para que cada profissional possa criar com o próprio estilo. A ideia é que as pessoas interajam com o espaço. Além disso, o ambiente é voltado para rua e por isso pensamos numa comunicação visual forte para quem está passando do lado de fora”, detalha Bárbara Ramos. A proposta vencedora teve mentoria do escritório Gebara e Filartiga Arquitetos.

O prêmio e workshop Archathon já está em sua terceira edição como parceiro do CASACOR em Santa Catarina. Desde 2017, os vencedores do concurso têm a oportunidade de expor seus projetos em ambientes da mostra, em Florianópolis. Tanto o Archathon quanto a aceleradora de empresas Archademy fazem parte do grupo Archa Company, plataforma de inteligência para profissionais de arquitetura e design de interiores.

 

Foto: Carlos Alberto Alves/Divulgação

Com informações da Comunicação CASACOR


Comunicação CAU/SC

As inscrições de segundo lote do 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos foram prorrogadas até 31 de julho, através do site www.21cba.com.br.  O evento ocorre de 09 a 12 de outubro em Porto Alegre,  promovendo o debate sobre Espaço e Democracia, com a presença de convidados especiais, como os arquitetos e urbanistas Ermínia Maricato e Paulo Mendes da Rocha.

Realizado pelo IAB/RS e correalização do CAU/RS, o evento será preparatório para o 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2020RIO), que acontecerá em 2020 no Rio de Janeiro. “Vamos debater os espaços públicos ocupando os espaços públicos”, afirma o presidente do IAB-RS, Rafael Passos, anfitrião do evento. A ideia é fazer a sociedade ver o evento acontecendo, levando Arquitetura e Urbanismo para todos.

Para isso, o 21º CBA conta em sua programação com conferências, grandes debates, sessões temáticas, sessões livres, oficinas, mini cursos, apresentação de trabalhos, palestras, plenária e uma feira de arquitetura, que ocorrerá na Praça da Alfândega, coração da cidade. Os debates acontecerão em três eixos temáticos: Arquitetura, Cidade e Ambiente; Cultura e Memória; Formação e Fazer Profissional.

O evento contará com atividades em onze espaços da cidade: Auditório Araújo Viana, Casa de Cultura Mario Quintana, Centro Cultural da UFRGS, Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, Memorial do Rio Grande do Sul, Multipalco Eva Sopher, Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Salão de Atos da UFRGS, Solar do IAB, Teatro Dante Barone e Praça da  Alfândega.

O 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos destina-se a estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais, estudiosos e pesquisadores das diferentes áreas de conhecimento que são afins aos campos arquitetônico e urbanístico. Os trabalhos a serem apresentados durante o Congresso serão divididos em três categorias – Projetos de Arquitetura e Urbanismo (somente para profissionais), Trabalhos Científicos (estudantes e profissionais) e Outras Práticas – e deverão estar inseridos em um dos principais subtemas propostos pelo 21º CBA. Os selecionados serão divulgados na quarta-feira, 24 de julho, através do site do evento.

Homenageada e programação

A homenageada desta edição do CBA é a arquiteta e urbanista gaúcha Briane Panitz Bicca (in memorian) falecida no dia 02 de junho de 2018, em Porto Alegre. Briane é lembrada como um dos principais nomes na luta pela preservação do Patrimônio Histórico Cultural brasileiro.

O congresso receberá a arquiteta, urbanista, professora, pesquisadora e ativista brasileira Ermínia Maricato.Também estão confirmados na programação Paulo Mendes da Rocha, Claudia Favero, Luiz Merino, Doris de Oliveira, Gisela Méndez, Leonardo Castriota, Jorge Mario Jáuregui, entre outros nomes que serão divulgados em breve.

Feira de Arquitetura

De 9 a 12 de outubro, o Congresso oferecerá uma Feira de Arquitetura, na Praça da Alfândega. A feira receberá empresas e instituições vinculadas à arquitetura, patrocinadores além de espaço expositivo de paineis de trabalhos e projetos sobre arquitetura e urbanismo e programação artística, tudo com entrada franca. A Praça da Alfândega ainda abre espaço para atividades abertas sobre arquitetura e urbanismo, com mesas e rodas de conversas abertas à comunidade. 

Para mais informações, acesse: www.21cba.com.br

Fonte: Organização 21CBA