Arquitetos catarinenses se preparam para encontro mundial no Rio de Janeiro em 2020

Arquitetos e urbanistas de Santa Catarina dão início à construção de ideias para o maior congresso de arquitetura do mundo, UIA 2020.

Publicado em

O CAU/SC e o IAB/SC realizaram em novembro o primeiro de uma série de encontros para promover a presença no maior congresso de arquitetura e urbanismo do mundo: UIA 2020, que pela primeira acontece no Brasil. Com palestra do Presidente do IAB/RJ e um dos organizadores do UIA 2020, Pedro da Luz, e participação na mesa de debater dos arquitetos Nivaldo Andrade, presidente do IAB/DN, João Villanova Gallardo, presidente do IAB/SC, e Everson Martins, vice-presidente do CAU/SC, o primeiro encontro ocorreu em Blumenau, na Fundação Hermann Hering.

O congresso da UIA nesta edição traz como tema “Todos os Mundos. Um só mundo. Arquitetura 21” e as diretrizes do congresso mundial estão alinhadas com uma das principais frentes de atuação do CAU/SC e também do IAB/SC que é repensar a realidade urbana, com toda sua diversidade.

Participação dos catarinenses no UIA 2020

“Nossa vinda até Santa Catarina é muito importante para promover o UIA 2020, que há 40 anos não acontecia na América Latina. Um dos objetivos principais desse grande encontro é promover o ofício do arquiteto e mostrar a importância da arquitetura para gerar bem-estar na sociedade”, esclarece Pedro da Luz.

Outros temas que serão abordados para o UIA 2020 são as reflexões sobre assuntos tomados como responsabilidade pela arquitetura e o urbanismo do século 21 como o fenômeno das favelas, mobilidade urbana, carência de infraestrutura nas áreas de periferia das cidades, o papel do arquiteto, habitação social e usufruto do espaço público.

O papel das boas práticas de arquitetura, da fiscalização e da valorização do exercício profissional do arquiteto urbanista é outro ponto a ser revisitado neste encontro.

 Sobre o Congresso da UIA

O último evento da UIA foi realizado em Seul, capital da Coréia do Sul, em 2017 e contou com a participação de mais de 20 mil arquitetos de todo o mundo.

Em 2017, o slogan do congresso fazia uma analogia ao nome da cidade “Seul” com “Soul” (alma). Imagem/Reprodução.

O público esperado para vir ao Rio de Janeiro é similar quem participar terá a oportunidade vivenciar a cidade. Os locais das exposições e palestras acontecem no centro do Rio de Janeiro, com ampla oferta de transporte público e ícones da arquitetura nacional e mundial, como o MAM e o Edifício Gustavo Capanema, recentemente confirmado como uma das sedes do evento.

Tombado pelo Iphan, o edifício Gustavo Capanema, no Centro do Rio de Janeiro, será uma das sedes do UIA 2020. Imagem/Reprodução, Iphan.

É uma oportunidade única para os arquitetos e urbanistas brasileiros participarem de um evento deste porte, bem como, de toda a sociedade em debater temáticas tão importantes com a comunidade internacional de arquitetos.


Deixe seu comentário