Publicado em Categoria Arquitetura de Interiores

Guia orienta sobre RRT de Arquitetura de Interiores

Iraci Helena de Oliveira Falavina

Há uma constante confusão entre Arquitetura de Interiores e decoração. A segunda é o ato de reorganizar o espaço interno, sem alterar sua estrutura, adição ou retirada de paredes, pisos ou o lado externo da construção. A primeira é uma profissão regulamentada que considera modificações necessárias no espaço arquitetônico, incluindo, por exemplo, instalações hidráulicas e elétricas.

Essa dúvida presente no senso comum abre espaço para que haja prejuízos profissionais e também para os clientes. O Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) é a garantia de que o serviço está sendo feito por um responsável devidamente habilitado e com situação regular perante o Conselho para executar essas atividades.

A execução de Reforma de Interiores foi a atividade com maior número de registros no Ranking Nacional de Registros de Responsabilidade Técnica do CAU/BR em 2019: foram 29.073 RRTs. Além da garantia para o contratante, o Registro de Responsabilidade Técnica permite que o arquiteto de Interiores emita uma Certidão de Acervo Técnico (CAT) e construa o seu acervo profissional, o que é altamente relevante para para comprovar sua capacidade.

Para detalhar como emitir o RRT, o CAU/RO elaborou um Guia de Orientações voltado para esse setor da Arquitetura. Acesse aqui. Caso queira se informar a respeito de Registros de Responsabilidade Técnica de modo geral, acesse também esse documento publicado pelo CAU/BR.


Deixe seu comentário