CAU/SC cumprindo a sua tarefa no esforço pela preservação do Patrimônio Histórico

O interesse do arquiteto e urbanista é o interesse da sociedade: fazer das nossas cidades espaços mais humanos, inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis, em sintonia com o ODS11/ONU, do qual o CAU/SC é signatário. Comprometidos com este objetivo, é que empreendemos esforços também para proteger e salvaguardar o patrimônio cultural e natural de nossas cidades.

O patrimônio histórico construído tem seu significado material e também representa a presença histórica da dimensão social e política no espaço da cidade. Parte do desafio de conservá-lo está em construir este entendimento e tornar visíveis os valores da preservação e ressignificação para que se tornem prerrogativas e desejos de todos. Em outras palavras, é preciso informação para sensibilizar os olhares e entendimentos sobre as possibilidades da preservação.

Estamos imbuídos da missão de construir alternativas e buscar uma estratégia de defesa e recuperação do patrimônio histórico construído que promova a sua regeneração com inclusão social, desenvolvimento econômico e equilíbrio ambiental. E foi sintonizado com esta missão que o CAU/SC realizou, entre agosto e setembro, o Ciclo de Debates Cidades Patrimônio de Todos. Foi uma sequência de encontros para apresentar à sociedade a potencialidade, possibilidades e desafios do Patrimônio Histórico. Também lançou os Cadernos Cidade Patrimônio de Todos, uma publicação que conclama arquitetos, gestores públicos, cidadãos e cidadãs em busca de soluções para os problemas complexos de nossas cidades e, em especial, os desafios do cenário de estagnação, perda e abandono dos edifícios de patrimônios históricos.

O resultado deste trabalho está disponível no site do CAU e no Youtube para toda sociedade se informar e se capacitar para que, junto com os/as arquitetos/as, possamos proteger e valorizar nossa cultura. Trata-se de um material com alto potencial de impacto sobre as práticas de educação patrimonial e orientação para preservação do Patrimônio Histórico Edificado em Santa Catarina.

Tudo isso apenas foi possível com a colaboração de mais de 60 arquitetos especialistas na área, que se aproximaram do CAU e decidiram participar da Câmara Temática Cidades Patrimônio de Todos, projeto coordenado pela CPUA – Comissão de Política Urbana e Ambiental.

Com este projeto, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina estrutura o seu posicionamento em defesa do Patrimônio Histórico Catarinense. Que possamos criar lastro deste esforço por todo o estado e além dele, iluminando as possibilidades de ações para preservação, valorização e desenvolvimento das cidades.

Daniela Pareja Garcia Sarmento
Presidente do CAU/SC