Iraci Helena de Oliveira Falavina

Arquiteta Sandra Graça

Com o intuito de ajudar as pessoas a confeccionarem a própria máscara de tecido, a arquiteta urbanista Sandra Graça resolveu dar um “empurrãozinho”. E o melhor, não precisa de máquina de costura.

Segundo a profissional, a ideia surgiu com a necessidade de auxiliar pessoas que não tem condições de comprar o produto ou muito menos ter uma máquina de costura, mas que podem confeccionar sozinhas a sua própria máscara de tecido, como forma proteção e devidos cuidados contra a pandemia da Covid-19.

De acordo com o novo Decreto Nº 40.588, emitido pelo Governo de Sergipe, em 24 de abril, o uso de máscaras passa a ser obrigatório por toda a população sergipana. “Com os comunicados da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e do Governo Estadual, de que as máscaras de tecido ajudam a reduzir os riscos de contaminação, foi o incentivo que precisava para postar o vídeo, completamente fora do tema do meu canal, mas que poderia ajudar muitas pessoas”, explica.

“Minha intenção não é comercializar. Doei algumas para os mais próximos, e o meu real objetivo é que as pessoas aprendam a fazer máscaras sem máquina de costura, até mesmo com retalhos de tecidos que tenham em casa”, destaca a arquiteta.

Sandra Graça finaliza a entrevista com um incentivo. “Certamente sairemos mais fortalecidos mentalmente, espiritualmente, pois estes momentos tensos e de tantas incertezas, já estão nos tornando pessoas melhores e aflorando em nós valores que realmente fazem a diferença neste momento: generosidade e empatia”.

Assista ao vídeo abaixo, em que a arquiteta Sandra Graça ensina a confecção da máscara.

Fonte: CAU/SE

Deixe seu comentário