Publicado no dia Categoria Notícias

Arquitetura para o bem-estar: Palestra debate arquitetura como recurso para melhorar a vida do paciente oncológico

Evento acontece durante o I Seminário Catarinense pelo Bem-Estar do Paciente Oncológico

Wilson Molin Junior

Acontece nos dias 27 e 28 de março, das 19 às 22 horas, no auditório do CESUSC, em Florianópolis, a primeira edição do Projeto “V.I.D.A: Viva Intensamente Depois de Acordar”, com o I Seminário Catarinense pelo Bem-Estar do Paciente Oncológico, criado e idealizado pela advogada Flora Juliani Galvão, especialista na área de medicamentos, e a arquiteta Natália Arruda, especialista em arquitetura e bem-estar.
Sensibilizadas com a realidade dos pacientes portadores de câncer, em tratamento no CEPON, na Capital, elas uniram diversas parcerias para este projeto inovador, que tem como objetivo principal promover a qualidade de vida para os pacientes oncológicos e também familiares. “Diante de milhares de diagnósticos diários dessa doença, e frente à uma realidade indigna e de sobrevida do paciente oncológico, resolvemos unir esforços em prol de um movimento inovador, que tem como objetivo principal a promoção da qualidade dessas pessoas. O Projeto V.I.D.A: Viva Intensamente Depois de Acordar é só o primeiro de inúmeros outros que iremos desenvolver”, afirma Flora.
A palestra ‘Percepção dos pacientes sobre a função do Arquiteto’ terá o foco de apresentar aos pacientes a importância de um ambiente com qualidade e conforto, com isso colocando a arquitetura e o arquiteto como principal responsável pela criação desses espaços e também será reforçada a importância da contratação de um arquiteto para o desenvolvimento de projetos arquitetônicos.
Atualmente temos 55 mil pacientes oncológicos em tratamento no CEPON, alguns são colocados em tratamento paliativo e orientados a ficar em suas residências até o fim deste processo. Dessa forma a residência desses pacientes deverá ter mais atenção quando as questões de habitabilidade e conforto.
Sobre a qualidade dos espaços, habitabilidade, serão abordados assuntos como conforto térmico, acústico e iluminação. O conceito de conforto será entendido como avaliação das exigências humanas, apropriação e identidade dos espaços. Entendendo-se que quanto maior o esforço do paciente em se adaptar ao espaço, maior será a sua sensação de desconforto.
Questões relacionadas a urbanismo também serão abordadas nas palestras, bem como o poder do urbanismo na rotina da sociedade e a forma que ele impacta em outras áreas como: saúde, segurança pública, meio ambiente. A palestra será finalizada com ações práticas para os pacientes aplicarem em suas residências. Serão orientados sobre funcionalidade de layout, iluminação e sensação das cores.
O encontro será nos dias 27 e 28 de março a partir das 19 horas, no auditório do CESUSC. Será aberto ao público em geral, principalmente aos pacientes oncológicos em tratamento, parentes e profissionais da saúde de Santa Catarina. Os palestrantes confirmados são especialistas em diferentes áreas, como saúde, jurídica, arquitetura, psicologia, nutrição e também pacientes oncológicos que venceram a doença. Para participar, a entrada será a doação de 1kg de alimento não perecível, que será entregue para a Casa de Apoio Vovó Gertrudes. O local atende crianças em tratamento oncológico do Hospital Infantil em Florianópolis.
Serviço
O que – Projeto V.I.D.A – Viva Intensamente Depois de Acordar
Onde – auditório do CESUSC – Rodovia SC 401, 9301, Santo Antônio de Lisboa
Quando – 27 e 28 de março (segunda e terça-feira)
Horário – das 19 às 22 horas
Informações e inscrições: @projetovidafloripa

Deixe seu comentário