Lívia Schumacher Corrêa

O Laboratório de Conforto Ambiental (LabCon/ARQ) do departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foi premiado durante o XV Encontro Nacional de Conforto no Ambiente Construído (ENCAC), evento que aconteceu em João Pessoa (PB) no mês setembro. O trabalho “Análise da influência do tempo e da trajetória do olhar na probabilidade de ofuscamento em ambientes de escritório”, escrito pelos pesquisadores Gabriela Silva Goedert, Natália Giraldo Vásquez e Fernando O. R. Pereira, foi vencedor do Prêmio Maurício Roriz, concedido ao melhor artigo do encontro.

O artigo discutia a “probabilidade de ofuscamento em locais de trabalho através de experimentos em ambientes reais, onde as grandes inovações foram a utilização de óculos tipo Eye-Tracker, capaz de registrar em vídeo a variação da direção e da permanência do olhar, e o levantamento da distribuição de brilho dos campos visuais através de técnica fotográfica High Dynamic Range (HDR)”, como explica o professor Fernando Pereira, um dos autores do trabalho. Para ele, a obtenção do prêmio é um reconhecimento do Laboratório, “seja no que diz respeito à formação de pesquisadores e professores, quanto na pesquisa propriamente dita”.

Esta é a terceira vez consecutiva que o LabCon/ARQ é ganhador do prêmio e também que é reconhecido como o grupo de pesquisa brasileiro com o maior número de artigos publicados no ENCAC.

O evento acontece a cada dois anos desde 1990 com o intuito de promover a “consciência e a responsabilidade ecológica e ambiental no desenho urbano e na arquitetura”, como consta no site. O eixo temático deste ano era “Mudanças climáticas, concentração urbana e novas tecnologias”.


Deixe seu comentário